BIOLOGICUS FORUM

Forum de Estudantes de Biologia da Universidade do Porto


O genoma da vaca foi descodificado

Compartilhe
avatar
Varicela

Número de Mensagens : 853
24042009

O genoma da vaca foi descodificado

Mensagem por Varicela

http://dn.sapo.pt/inicio/ciencia/interior.aspx?content_id=1210985

Investigação
O genoma da vaca foi descodificado

Durante seis anos, mais de 300 investigadores de 25 países trabalharam na sequenciação do genoma da vaca. Os cientistas acreditam que a informação ajudará a melhorar a produção de carne e de leite.

Foram seis anos de trabalho, que mobilizaram os esforços de mais de 300 investigadores em laboratórios de 25 países. Agora a empresa está terminada. Trata-se da sequenciação completa do genoma da vaca, o primeiro animal de importância pecuária cuja informação genética está agora inteiramente descodificada.

O resultado é hoje publicado na revista Science e os cientistas acreditam que esta nova informação abre a possibilidade de melhorar a produção de leite e de carne bovina, diminuindo, nomeadamente, a dependência actual da utilização de antibióticos na actividade.

O genoma da vaca doméstica (Bos taurus), contém cerca de 22 mil genes, 80 por cento dos quais são idênticos aos do genoma humano, que tem cerca de 30 mil genes. Esta semelhança é, aliás, uma das razões pelas quais os cientistas afirmam que os novos conhecimentos vão ajudar a compreender melhor o genoma humano.

Este estudo permitiu igualmente perceber que a organização dos cromossomas do ser humano é mais próxima da existente no genoma da vaca, do que por exemplo da organização no rato, que é o animal de laboratório mais utilizado como modelo para o estudo e tratamento de doenças humanas.

Este projecto, que foi designado Bovine Genome Sequencing Project, utilizou vacas da raça Hereford, originária do Reino Unido, que se encontram em explorações pecuárias de todo o mundo.

A pecuária é uma importante actividade humana e os cientistas acreditam que esta nova informação poderá ajudar a melhorá-la, tornando estes animais mais saudáveis e menos dependentes da utilização de antibióticos, melhorando assim também a carne e o leite para o consumo humano.

Outra oportunidade que se abre é a desenvolver novas estratégias para a prevenção e tratamento de doenças dos bovinos. Uma delas é a temível encefalopatia espongiforme bovina (BSE), conhecida por doença das vacas loucas, e que pode transmitir-se aos seres humanos.
Compartilhar este artigo em: BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahoo!Smarking


    Data/hora atual: Dom 24 Set 2017, 13:12