BIOLOGICUS FORUM

Forum de Estudantes de Biologia da Universidade do Porto


Lago na Antárctida aloja a maior diversidade de vírus

Compartilhe
avatar
Varicela

Número de Mensagens : 853
06112009

Lago na Antárctida aloja a maior diversidade de vírus

Mensagem por Varicela

http://naturlink.sapo.pt/article.aspx?menuid=20&cid=11218&bl=1

Lago na Antárctida aloja a maior diversidade de vírus alguma vez encontrada num ambiente aquático
Ao contrário do que seria de esperar de acordo com a teoria foi encontrado num lago da Ilha de Livingstone o maior número de famílias virais pertencentes ao mesmo metagenoma num ambiente aquático. No total foram descritas 90 000 sequências distintas estimando-se a existência de um total de 10 000 espécies de vírus.

Em teoria, a maior biodiversidade pode ser encontrada nos trópicos diminuindo à medida que nos aproximamos dos pólos, que seria de esperar que apresentassem o menor número de espécies. No entanto, segundo um estudo levado a cabo por cientistas espanhóis não é isto que se verifica no que diz respeito aos vírus.

O grupo de investigadores recolheu amostras do Lago Limnopolar situado na Península de Byers, na ilha de Livinsgtone, na Antárctida, que analisou recorrendo à microscopia electrónica e a um novo método de sequenciação em massa, que permitiu obter uma visão global da diversidade genética de vírus neste ecossistema, o denominado metagenoma viral ou viroma.

Os resultados agora publicados na revista Science revelaram a existência de 90 000 sequências distintas, o maior número de famílias virais até agora encontradas como parte do mesmo metagenoma de um ambiente aquático. Os cientistas estimam que no total existam 10 000 espécies diferentes de vírus neste lago.

Segundo afirmou Antonio Alcamí, responsável pelo projecto, a descrição da comunidade de vírus num lago na Antárctida é o primeiro passo para entender melhor o papel dos vírus nestes ecossistemas extremos e determinar se evoluíram de forma independente durante milhões de anos.

Por outro lado, os investigadores foram também surpreendidos pela grande variedade de vírus de organismos superiores existentes, que superam em quantidade os vírus de bactérias que normalmente dominam os meios aquáticos.

O estudo permitiu ainda, pela primeira vez, a caracterização da variação da constituição viral do lago associada à fusão da camada de gelo superficial. No processo foram descobertos vírus que não tinham sido descritos noutros ambientes naturais e que podem, inclusivamente pertencer a famílias virais desconhecidas até à data.

Fontes: www.europapress.es e www.el.mundo.es

Documentos Recomendados

A história do DNA: de Aristóteles ao Projeto Genoma

Terra Gelada
Compartilhar este artigo em: BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahoo!Smarking


    Data/hora atual: Sex 24 Nov 2017, 22:21