BIOLOGICUS FORUM

Forum de Estudantes de Biologia da Universidade do Porto


Fungo que ameaça a saúde dos pinheiros preocupa a ANEFA

Compartilhe
avatar
Varicela

Número de Mensagens : 853
07122009

Fungo que ameaça a saúde dos pinheiros preocupa a ANEFA

Mensagem por Varicela

http://naturlink.sapo.pt/article.aspx?menuid=20&cid=12446&bl=1

Fungo que ameaça a saúde dos pinheiros preocupa a ANEFA
A AFN está a realizar inspecções fitossanitárias aos viveiros de todo o país para avaliar a possibilidade de infecção pelo fungo Fusarium circinatum, que causa o cancro resinoso do pinheiro. Pendentes dos resultados dos laboratórios que são apenas dois para dar resposta a todo o país, os viveiros encontram-se temporariamente sequestrados.

O cancro resinoso do pinheiro é uma doença causada pelo fungo Fusarium circinatum, que ocorre por todo o mundo sendo Portugal um dos principais focos da doença a nível europeu, a par da Espanha e da Itália.

A doença despertou a atenção da Comissão Europeia em 2006 mas, segundo a ANEFA, não foram tomadas pela Autoridade Florestal Nacional (AFN) as medidas necessárias para a avaliação da situação a nível nacional e para uma actuação atempada.

Actualmente, tendo-se atingido uma situação limite a AFN encontra-se a realizar inspecções fitossanitárias a todos os viveiros do país, que pendentes dos resultados laboratoriais das amostras recolhidas para análise estão impedidos de comercializar todas as espécies de Pinus.

Para agravar problema, há o receio de que as inspecções não estejam a ser realizadas com o devido cuidado, com transporte de amostras potencialmente infectadas entre viveiros. Por outro lado, pelo facto de apenas existirem dois laboratórios a realizar as análises de viveiros de todo o país, há uma demora significativa na revelação dos resultados das análises.

Tendo a comissão Europeia determinado que os viveiros infectados não poderão comercializar coníferas durante dois anos, os viveiristas encontram-se num dilema, sem saber se investem ou não em sementeiras uma vez que correm o risco de depois não poder comercializar os produtos.

A ausência de contratos de projectos florestais no âmbito do PRODER contribui para agravar a situação do sector que já vive momentos complicados devido à proliferação do Nemátodo do Pinheiro e à redução da taxa de arborização. A ANEFA revela-se preocupada não só com o futuro dos produtores de plantas florestais mas também com as indústrias que dependem da madeira com matéria-prima.

Fonte: ANEFA – CI

Documentos Recomendados

O Nemátodo da Madeira do pinheiro

Nemátodo da Madeira do Pinheiro - Ponto de situação do combate e erradicação (Janeiro de 2009)
Compartilhar este artigo em: BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahoo!Smarking


    Data/hora atual: Sab 25 Nov 2017, 04:00