BIOLOGICUS FORUM

Forum de Estudantes de Biologia da Universidade do Porto


"Bombas de sementes” criadas para melhorar espaços públicos

Compartilhe
avatar
Varicela

Número de Mensagens : 853
17032011

"Bombas de sementes” criadas para melhorar espaços públicos

Mensagem por Varicela

http://www.naturlink.sapo.pt/article.aspx?menuid=20&cid=32120&bl=1
"Bombas de sementes” criadas para melhorar espaços públicos são agora um negócio



As "bombas de sementes" são uma experiência de jardinagem peculiar. Surgiram em 1973, nos Estados Unidos, como um movimento de cidadãos para melhorar os espaços públicos abandonados. Agora são também um negócio.

Estas bombas baseiam-se nas bolas de sementes antigas que eram utilizadas para semear culturas em locais com vegetação densa ou difíceis de alcançar. Estas bolas de sementes eram originalmente feitas com composto e argila.
O termo “bomba de sementes” ou "granada de sementes" foi usado pela primeira vez em 1973 por Liz Christy, quando iniciou a Guerrilla Gardening nos Estados Unidos, movimento que pretende combater a degradação dos espaços públicos urbanos.

As primeiras “granadas de sementes” foram feitas a partir de balões e bugigangas antigas de Natal e foram atiradas para lotes vazios em Nova Iorque de forma a melhorar a aparência dos bairros. Foi o início deste movimento que é seguido actualmente por um grande número de grupos e cidadãos por todo o mundo.
Richard Taylor, do movimento Guerrilla Gardening do Reino Unido, explica como estas bombas de sementes podem ser feitas em casa.
Devido ao sucesso da iniciativa, uma empresa do Reino Unido (Kabloom) tornou esta ideia num negócio. Esta empresa produz as bombas de sementes à mão, a partir de materiais reciclados como papel e caixas de ovos. Para além destes materiais contém composto, fertilizantes orgânicos e uma selecção de sementes. Estas “bombas” degradam-se ao longo do tempo possibilitando o crescimento das flores.
Quem não quiser perder tempo a construir as “bombas de sementes” mas quiser melhorar os espaços públicos, ou simplesmente o seu jardim, pode comprá-las. Por enquanto estão apenas disponíveis para venda no Reino Unido.

Fonte: www.treehugger.com, http://kabloom.co.uk, www.guardian.co.uk

Leituras adicionais:
A odisseia das sementes

Gestão do Espaço Público debatida em Conferência no GreenFest

Documentos recomendados:
Banco Mundial de sementes

A produção biológica de sementes de trevo-da-pérsia

Praças e Lazer: dinâmica de uso e apropriação de espaços públicos em Sorriso-MT
Compartilhar este artigo em: BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahoo!Smarking


    Data/hora atual: Ter 24 Out 2017, 06:47